segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Desenvolvendo os Talentos das Crianças e Novos Paradigmas da Educação





Desenvolvendo os Talentos das Crianças e Novos Paradigmas na Educação

A instituição educativa é ou deveria ser um dos principais agentes de desenvolvimento integral do ser humano. Deve ser também facilitadora nos processos de construção de relações humanas mais igualitárias em prol do bem estar e da harmonia pessoal e social.

Reconhecer as potencialidades e limitações de cada educando, ajudando a que possam ser superadas, é outro papel importante que pode e deve ser desenvolvido na área educacional.

Um novo paradigma emerge nesta era conhecida como a Era da Informação e da Comunicação, ou também chamada a Era do Conhecimento.

Mas para que haja uma verdadeira era do conhecimento e da comunicação é necessário buscar a integração de novos modelos educacionais que possibilitem a formação não discriminatória em todos os sentidos.

Parte fundamental nas relações humanas é a aceitação das diferenças, onde se utilizam o conhecimento, a criatividade e o potencial de cada individuo e sua capacidade de cognição, recebendo cada um, total atenção por parte dos educadores. O ponto importante aqui é, dar a cada estudante o mesmo tipo de atenção e as mesmas possibilidades de desenvolvimento integral de sua personalidade e capacidades.

Neste mundo onde a mudança é uma constante, é necessário estar em acordo com os novos paradigmas que exigem adaptação aos processos de mudanças e preparar estudantes de todos os níveis para expressarem seus potenciais e capacidades criativas no atual cenário globalizado.

Dar capacitação aos educadores para que utilizem métodos onde possam alem de passar conteúdos pertinentes a cada nível de ensino, trabalharem também a gestão do conhecimento e integrar práticas modernas de estímulo e desenvolvimento das potencialidades humanas. O que se poderá lograr neste processo será a melhoria das condições de ensino, o desenvolvimento de talentos pessoais, o interesse individual e personalizado com cada educando e, ter o ser humano como prioridade, entre outras possibilidades.

Neste sentido, a função da escola irá muito mais alem do que ser uma mera transmissora de conteúdos. E neste processo será fundamental que cada educador redimensione seu papel e sua profissão. Isto implica em consolidar sua ética pessoal e profissional, rever sua missão para colocá-la em consonância com as exigentes do momento presente. Sentir a necessidade de elevar seus níveis de preparação não somente cientifica e prática e buscar capacitação em valores para poder ser um formador de opinião e um verdadeiro educador.

Aprendendo e estudando com uma pessoa preparada e segura de seus valores, os alunos poderão também crescer como seres humanos seguros, confiantes e com auto-estima elevada.

Uma pessoa com alta auto-estima ama a si mesma, assume responsabilidades, sente-se orgulhosa de seus êxitos, lida de forma equilibrada com os fracassos e estará disposta a enfrentar os desafios que a vida lhe propuser.

O educador e a escola têm um importante papel a desempenhar nestes processos.

A quem se destina:

Esta conferência destina-se a Educadores em geral que desejam descobrir novos métodos de lidar com as crianças do mundo de hoje.

As Técnicas utilizadas são:

Estimulação Cerebral.

Cinesiologia Educacional.

Cinesiologia do Comportamento.

Técnicas de desativação de Estresse.

Escuta Consciente e Filosofia Quântica.